Jô Soares é homenageado por Pedro Bial, em entrevista


Apresentador Jô Soares é homenageado por Pedro Bial, em entrevista


Afastado das telinhas desde que seu talk show teve sua última edição veiculada, em meados de dezembro do ano passado, Jô Soares foi o convidado desta última sexta-feira (24), do Conversa com Bial. A entrevista em questão foi para o apresentador falar mais do lançamento de sua biografia.

No decorrer do bate-papo, os dois chegaram a se emocionar. “Quanto mais ele nos dá, mais ele tem pra dar”, anunciou Bial. Ovacionado pela plateia, Bial homenageou o amigo de longa data no final da entrevista: “Quem planta humor, colher amor. A gente te ama, Jô”, disse.


O Livro De Jô – Uma Autobiografia Desautorizada – Vol. 1, foi o tema principal, e o veterano contou sobre as histórias narradas no livro, que destaca as primeiras três décadas da vida de Jô. Além de falar da família, ele contou que, durante a ditadura militar, teve sua casa pichada pelo Comando de Caça aos Comunistas, e chegou a esconder em sua casa, durante meses o físico Mario Schenberg, falecido em 1990, que mantinha ligações com o partido PCB (Partido Comunista Brasileiro).

Em outro momento da conversa, Jô citou seu filho, Rafael, falecido em 2014, que era autista. Ele detonou as acusações que recebia de que "escondia" o rapaz. “Jamais escondi meu filho!", declarou, entrando em detalhes logo em seguida sobre sua relação com o filho, e como lutou com ele contra um câncer.

Por: Luís Gusttavo




Comentario
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...